May 15, 2017

Please reload

Posts Recentes

Como curar o mundo com uma criança de cada vez.

April 8, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Dentição: o que é normal acontecer e como amenizar a dor e o desconforto?

 

 

O nascimento dos dentes é um marco no desenvolvimento dos bebês e junto com eles surgem muitas dúvidas.

 

Como é a cronologia da dentição e nascimento dos dentes?

 

Os primeiros dentes do bebê começam a se desenvolver ainda no útero, por volta do quarto mês de gestação. Após o nascimento, durante a amamentação, o ato de sucção fará com que as arcadas dentárias se desenvolvam para ficar em harmonia e conseguir uma perfeita oclusão no futuro.

 

Por volta dos 3 aos 6 meses, o bebê começa a sentir a necessidade de morder objetos e coçar a gengiva, normalmente já acompanhado de bastante salivação. Aos 6 meses aproximadamente o primeiro dente de leite costuma nascer. É normal que exista variações da idade desse nascimento, então se surgir antes ou depois não tem problema. Procure um dentista apenas se nenhum dente despontar até os 15 meses.

 

Normalmente os primeiros dentes a despontarem são os incisivos centrais inferiores, seguidos dos superiores, ou seja, os dentes da frente da boca, de baixo e de cima, que têm a função de cortar os alimentos. Depois, entre o sétimo e o décimo mês, surgem dois incisivos laterais inferiores e dois superiores, totalizando oito dentes.

 

Os primeiros molares superiores e inferiores, cuja função é triturar e moer os alimentos, costumam nascer por volta dos 12 aos 18 meses de vida. Depois, próximo aos 18 meses, chega a vez dos caninos superiores e inferiores, que têm como função perfurar e rasgar os alimentos. Por último, quando o bebê estiver entre 24 e 30 meses de idade, nascem os segundos molares, completando a dentição do bebê, que é composta de 20 dentes de leite, com 10 na arcada superior e 10 na inferior.

 

Quais os sintomas que eu devo esperar que meu filho apresente com o nascimento dos dentes?

 

Alguns sintomas podem ser justificados por conta do nascimento dos dentes:

 

            •           Diarréia/fezes mais amolecidas

            •           Perda de apetite

            •           Dificuldade para dormir           

            •           Criança mais chorosa e irritada

            •           Alteração na pele

            •           Salivação excessiva

            •           Coriza

 

Qualquer coisa diferente disso, ou mais grave, não é comprovado que o dente seja o causador.  

 

Então o nascimento do dente não pode justificar uma febre?

 

Essa é uma dúvida bastante frequente e apesar de ser uma crença da grande maioria das pessoas, uma temperatura acima de 38C não pode ser justificada apenas pelo nascimento do dente. O que na verdade acontece é que quando os dentes nascem ocorre uma inflamação na gengiva e a criança fica com o sistema de defesa do corpo mais fraco, consequentemente com maior risco de pegar alguma infecção. Além disso, para aliviar a coceira, a criança coloca tudo na boca e acaba se contaminando.

 

O que eu devo fazer para aliviar os sintomas do nascimento dos dentes?

 

O melhor a se fazer você pode amenizar a dor fornecendo algo para a criança morder, existem alguns mordedores no mercado/anéis de dentição  que contém gel dentro e pode colocá-lo para gelar, dando um maior alívio da dor e até mesmo ajudando na inflamação. Atente-se para a qualidade do mordedor, devendo não soltar peças, ser resistente e de tinta atóxica.

 

Outra medida é massagear a gengiva do bebê com uma gaze embebida em água filtrada, enrolada no dedo da mãe. Alimentos frios, como frutas e legumes crus, também ajudam muito nessa fase, caso o bebê já tenha mais que 6 meses de idade.

 

Após o nascimento do primeiro dente, já devemos começar a escovação? 

                      

A higiene dos dentes com uma gaze fraldinha limpa ou dedeira, pelo menos uma vez ao dia é recomendada desde o primeiro mês. Após o nascimento dos dentes a higienização da cavidade oral é necessária por meio da escova e pasta dental com flúor, em uma quantidade pequena, referida como o tamanho de um grão de arroz cru para evitar a fluorose dentária. Na limpeza, a mãe deve colocar o bebê na posição de amamentação ou outra posição que seja confortável e prazerosa.       

                                               

E quando devo levá-lo ao dentista?

 

A primeira visita ao dentista pode ocorrer aos 6 meses de vida para uma consulta de orientação, que deve ser repetida idealmente a cada seis meses a um ano, dependendo das orientações fornecidas pelo dentista.

 

 

 

Fonte:

Livro A saúde de nossos filhos. ed3.Barueri,SP - Manole 2012

PEDIATRICS Volume 128, Number 3, September 2011

Owais AI, Zawaideh F, Bataineh O. Challeng- ing parents’ myths regarding their chil- dren’s teething. Int J Dent Hyg. 2010;8(1): 28 –34

SarrellEM,HorevZ,CohenZ,CohenHA.Par- ents’ and medical personnel’s beliefs about infant teething. Patient Educ Couns. 2005; 57(1):122–125

 

 

Compartilhe
Please reload

Siga