@2017 por Laura Ayres. 

May 15, 2017

Please reload

Posts Recentes

Como curar o mundo com uma criança de cada vez.

April 8, 2017

1/1
Please reload

Posts Em Destaque

Primeiros Socorros: manobra de desengasgo (para menores de 1 ano).

 

Crianças podem engasgar com objetos levados indevidamente à boca ou mesmo com a alimentação normal. É importante saber identificar um episódio desses para tomar as providências adequadas.  Existem dois tipos de engasgo, o engasto parcial e o engasgo total.

 

Como eu sei que o engasto é parcial?

 

No caso de um engasgo parcial o bebê normalmente fica agita, tossindo, chorando e com a respiração ofegante e rápida. Ou seja, a via aérea - local onde passa o ar - está parcialmente aberta, não estando totalmente ocluída.

 

O que eu devo fazer nos casos de engasgo parcial?

 

  • Primeiro de tudo é sempre muito importante manter a calma. Só assim você conseguirá se concentrar para observar os sinais que o bebê esta dando e tomar as devidas ações.
     

  • Segure o seu bebê no seu colo em posição confortável, virado para você.
     

  • Não tente balançar ou sacudir o bebê, isso pode atrapalhar.
     

  • Deixe o seu bebê chorar, isso significa que ele está respirando e lutando contra o engasgo.
     

  • Nunca tente usar apenas um dedo para retirar o objeto da garganta do bebê, pois você poderá empurrá-lo ainda mais fundo, piorando a situação. O recomendando é sempre tirar o objeto com o movimento de pinça, utilizando-se o polegar e o indicador.
     

  • Caso o bebê demore para voltar ao normal ou comece a ficar molinho, sem ar, sem conseguir tossir ou chorar, ligue imediatamente para pedir ajuda e reinicie a manobra  de engasgo total.

 

E no caso do engasgo total, como eu sei?

 

Nesses casos o bebê não consegue tossir ou chorar, os lábios ficam arroxeados, o bebê pode ficar “molinho” devido a falta de ar. Ou seja,  a via aérea - local onde passa o ar - está totalmente fechada e vamos precisar ajudá-lo a desengasgar para o bebê voltar a respirar.

 

O que eu devo fazer nos casos de engasgo total?

 

  • Novamente primeiro de tudo é sempre muito importante manter a calma. Só assim você conseguirá se concentrar para observar os sinais que o bebê esta dando e tomar as devidas ações.
     

  • Ligue ou peça para alguém ligar imediatamente para o SAMU (telefone 192).
     

  • Inicie a manobra de desengasgo.
     

  • Nunca tente usar apenas um dedo para retirar o objeto da garganta do bebê, pois você poderá empurrá-lo ainda mais fundo, piorando a situação. O recomendando é sempre tirar o objeto com o movimento de pinça, utilizando-se o polegar e o indicador.

 

Manobra de desengasgo

 

1 - Com o dedo indicador e médio segure a boca do bebê aberta, em formato de "V".

 

2- Coloque o bebê deitado de barriga para baixo apoiando seu corpo em cima do seu antebraço.  Apoie seu antebraço na sua coxa para ter mais firmeza, deixando a cabeça mais baixa que o corpo.

 

3 - Dê 5 tapas com a base da mão entre os ombros, no meio das costas do bebê. Com um pouco de força, mas sem machucá-lo.

 

3 - Vire o bebê, colando-o deitado de costas sobre o outro antebraço apoiado sobre a sua outra coxa.

 

4 - Olhe para o bebê. Se ele voltar a chorar, vomitar ou tossir é sinal que desengasgou. Caso continue engasgado realize 5 compressões com dois dedos no meio do peito, entre os mamilos.

 

  • Se o bebê continuar engasgado e consciente tentando respirar, repita essa manobra até conseguir desengasgar.

  • Se o bebê continuar “molinho”, sem nenhuma reação, não chora, não se mexe, ele pode estar inconsciente, faça as manobras a seguir:
     

1 - Coloque o bebê deitado de costa em uma superfície firme (na mesa ou no chão);
 

2 - Comprima o osso esterno (entre os mamilos no meio do peito) com dois dedos a uma profundidade de 4 cm (mais ou menos 2 a 3 dedos);
 

3 - Faça 30 compressões fortes e rápidas, a cada compressão deixe o peito do bebê retornar à posição inicial;
 

4 - Quando fizer 30 compressões abra a boca do bebê e faça 02 ventilações:
 

  • Para abrir a boca do bebê, coloque uma mão sobre a testa e com o dedo indicador e polegar da outra mão, puxe o queixo do bebê para trás e para cima ao mesmo tempo.
     

  • Encha suas bochechas de ar e sopre na boca e no nariz do seu bebê.
     

  • Sopre ar até perceber o tórax do bebê levantar
     

5 - Se o bebê continuar inconsciente, repita tudo novamente até o socorro chegar.

 

  • Caso o bebê não seja da sua família e você desconheça se possui alguma doença ou problema de saúde, faça somente as compressões até a chegada da equipe de resgate.
     

  • Se alguém estiver com você, vocês poderão trabalhar juntas. Uma pessoa faz 15 compressões e a outra 2 ventilações (soprar ar na boca do bebê).
     

Este texto procura explicar de forma didática as manobras de primeiros socorros para uma situação de engasgo com bebês. Mas para quem tem crianças em casa ou trabalha com crianças, o melhor é ESTAR PREPARADO para atender esse tipo de situação através de um CURSO PRÁTICO e SUPERVISIONADO de PRIMEIROS SOCORROS para bebês e crianças.

 

A Almaterna oferece esta formação.

 

 

 

Fontes:

 

AMERICAN HERT ASSOCIATION. Guidelines. Destaques das Diretrizes da American Heart Association. Atualização das diretrizes de RCP e ACE, 2015. AHA versão português, p.1-32, 2015.

 

ALBERT EINSTEN. Sociedade Beneficente Israelita Brasileira. Primeiros Socorros: Engasgo. Abril/2010. Disponível em: <http://www.einstein.br/einstein-saude/primeiros-socorros/Paginas/engasgo.aspx>. Acesso em: 04 out. 2014.

 

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. Educação médica continuada, [2014?]. Disponível em: <http://www.sbp.com. br/show_item2.cfm?id_categoria=24&id_detalhe=559&tipo_detalhe=s>. Acesso em: 04 out. 2014.

 

 

Compartilhe
Please reload

Siga